Mindfulness Brasil

Atletas de alto nível usam mindfulness para melhorar a performance



Além dos benefícios gerais para a saúde e qualidade de vida, a prática de Mindfulness ajuda a melhorar a performance de esportistas amadores e profissionais

Tem sido cada vez mais comum que esportistas de alto nível e equipes esportivas usem mindfulness (saiba o que é mindfulness) como ferramenta para a melhora da qualidade de vida e performance. Atletas como Novak Djokovic (tênis) e equipes como o Seattle Seahawk (NFL) e o Golden State Warriors (NBA) são exemplos sempre citados.

Mas como mindfulness pode ajudar na performance esportiva?

Os estudos apontam que as práticas e programas de mindfulness podem ajudar os esportistas de várias maneiras: do ponto de vista físico, prevenindo lesões pela melhora da propriocepção (consciência das sensações internas corporais) e da qualidade do sono, o que ajuda na recuperação muscular.

Do ponto de vista psicológico, diminuindo as ruminações mentais (pensamentos repetitivos), melhorando o manejo do “medo de falhar” nos atos esportivos, e lidando de maneira mais eficaz como o “self-talking” negativo, aquela voz interna autocrítica ou depreciativa que com frequência nos faz desistir precocemente do treinamento e da competição esportiva.

No Brasil, a Seleção Brasileira Paralímpica de Bocha iniciou em julho de 2019, junto ao Centro Mente Aberta (UNIFESP), um treinamento de Mindfulness. O projeto também fará parte de uma pesquisa de mestrado sobre o protocolo “Mindfulness-Based Health Promotion” (MBHP) aplicado ao esporte de alto rendimento. O principal objetivo é a melhora da performance durante os jogos Paralímpicos de Tóquio, em especial melhorado a resiliência mental. O mesmo tipo de treinamento já havia sido aplicado pelo Centro Mente Aberta na Seleção Brasileira de Handebol, que disputou as Olimpíadas de 2016, no Rio.

Mindfulness ajuda a melhorar a eficiência dos exercícios físicos

Outra forma eficaz de levar mindfulness para nosso dia a dia é através dos exercícios físicos. As pesquisas mostram que levar mindfulness para os exercícios pode aumentar a eficiência dos mesmos, e que os próprios exercícios físicos podem aumentar os níveis de mindfulness.

Dentro dos cursos clássicos de mindfulness, algumas das práticas mais comuns são as que usam o movimento corporal como “âncora” ou ponto de apoio para o treinamento da atenção, como os “movimentos com atenção plena” (mindful movements) e a “caminhada com atenção plena” (mindful walking).

Então, por que não usar a nossa própria prática regular de exercícios como uma prática de mindfulness? É exatamente essa a ideia, e alguns estudos já demonstraram que isso é possível, ou seja, que os exercícios físicos regulares também melhoram os níveis de mindfulness de quem os pratica, e assim podemos ter ambos benefícios, do próprio exercício, e os do aumento dos níveis de mindfulness, como melhora da atenção, concentração e da saúde mental.

Mas como praticar atividade física com atenção plena?

A principal dica é realizar os exercícios físicos de maneira consciente, presente nas sensações do próprio corpo durante a maior parte da atividade, observando, ao mesmo tempo, quando nossa atenção se distrai em pensamentos e imagens mentais, voltando novamente às sensações corporais sempre que necessário. Para que isso seja possível, é importante evitar a multitarefa ao praticarmos exercícios físicos, ou seja, evitar distrações como ver TV, ler jornal, conversar (ou tudo ao mesmo tempo), e assim aproveitaremos a atividade física como prática de atenção plena, ampliando seus benefícios.

Assim, da próxima vez que praticar exercícios ou esportes, lembre-se da possibilidade de levar mindfulness às essas atividades, ou melhor, de praticar as duas coisas de forma integrada, ampliando seus resultados.

Vamos praticar?

Mande sua pergunta: Se você tem alguma dúvida ou curiosidade sobre mindfulness, atenção plena, ou neurociência do comportamento, por favor me escreva que terei prazer em abordar seu tema em textos futuros: demarzo@unifesp.br

Referências

– Effects of Mindfulness Practice on Performance-Relevant Parameters and Performance Outcomes in Sports: A MetaAnalytical Review. Acessível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28664327

– Mindfulness may both moderate and mediate the effect of physical fitness on cardiovascular responses to stress: a speculative hypothesis. Acessível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24723891

Para Saber Mais

www.mindfulnessbrasil.com (Mente Aberta – Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde – UNIFESP)

www.goamra.org (American Mindfulness Research Association, Estados Unidos, informações em inglês)

www.umassmed.edu/cfm (Centro de Meditação “Mindfulness” na Medicina, Universidade de Massachusetts, Estados Unidos, informações em inglês)

 

Fonte – Uol

Todos os direitos reservados © 2019

Site desenvolvido por