TREINADORES CENTRO MENTE ABERTA - MINDFULNESS BRASIL

Nossos treinadores são experientes instrutores de Mindfulness, preparados para ministrar cursos para praticantes e de formação para outros instrutores, nos protocolos MBHP, MBCT e ABCT.


 

 

Marcelo Demarzo

Fundador e Coordenador do Centro Mente Aberta e Mindfulness Brasil

[su_expand more_text="Saiba mais" less_text="Saiba menos" height="0" text_color="#86b2ed" link_style="dashed" more_icon="icon: chevron-down" less_icon="icon: chevron-up"]Médico formado pela USP e Pós-Doutorado em Mindfulness e Saúde pela Universidad de Zaragoza (Espanha), professor, pesquisador e vice-coordenador do Programa de Pós Graduação (mestrado e doutorado) em Saúde Coletiva do Departamento de Medicina Preventiva da Escola Paulista de Medicina – UNIFESP.

Instagram: @drmarcelodemarzo[/su_expand]


 

Odisséia Martins

[su_expand more_text="Saiba mais" less_text="Saiba menos" height="0" text_color="#86b2ed" link_style="dashed" more_icon="icon: chevron-down" less_icon="icon: chevron-up"]Professora Instrutora de Mindfulness do Centro Mente Aberta Mindfulness Brasil . Especialista em Mindfulness pelo Centro Mente Aberta - UNIFESP. Facilita treinamentos baseados em Mindfulness, Mindful Eating e Compaixão. Professora de Kum Nye- Relaxamento e Yoga tibetano. Colaboradora na formação profissional de instrutores do Centro Mente Aberta     Mindfulness Brasil desde 2016.

Instagram: @viverpresentemindfulness

Website: https://www.viverpresente.com.br [/su_expand]


 

 

Olga Durães

[su_expand more_text="Saiba mais" less_text="Saiba menos" height="0" text_color="#86b2ed" link_style="dashed" more_icon="icon: chevron-down" less_icon="icon: chevron-up"]Atua como instrutora de Mindfulness graduada pela Unifesp, mestranda em Saúde Coletiva pela Unifesp, professora de meditação graduada pela Yoga Teachers Association- EUA e como instrutora de compaixão graduada pelo Instituto Cultivo (México). 

Instagram: @em.meditacao[/su_expand]


 

 

Sonia Beira Antonio

[su_expand more_text="Saiba mais" less_text="Saiba menos" height="0" text_color="#86b2ed" link_style="dashed" more_icon="icon: chevron-down" less_icon="icon: chevron-up"]Professora Instrutora de Mindfulness do Centro Mente Aberta Mindfulness Brasil . Especialista em Mindfulness - Centro Mente Aberta - UNIFESP; Psicopedagoga Clínica e Institucional; Instrutora Profissional certificada pelo Centro Mente Aberta - UNIFESP; Professora na Formação de Instrutores de Mindfulness; Sócia Fundadora de Desenvolve Seres Humanos.

Website: www.desenvolvesh.com.br[/su_expand]


 

 

Thais Requito

[su_expand more_text="Saiba mais" less_text="Saiba menos" height="0" text_color="#86b2ed" link_style="dashed" more_icon="icon: chevron-down" less_icon="icon: chevron-up"]Professora Instrutora de Mindfulness do Centro Mente Aberta Mindfulness Brasil . Supervisora do programa Terapia Cognitiva Baseada em Mindfulness para a Depressão e para a Vida (MBCT-D e MBCT-L) pelo Centro de Mindfulness da Universidade de Oxford (OMC). Professora do Search Inside Yourself e facilitadora dos protocolos ingleses Taking it Further, Paws.B e WorplaceMT. Graduada em publicidade, possui MBA pela FGV.

Instagram: @thaisrequito

Website: www.thaisrequito.com[/su_expand]


A aplicação de mindfulness (atenção plena) para a depressão maior, em especial para pacientes com muitas recaídas, já é uma política pública na Inglaterra, ajudando também na prevenção do suicídio As pessoas diagnosticadas com depressão respondem muito bem ao treinamento de mindfulness (atenção plena, saiba mais sobre mindfulness), obtendo uma melhoria significativa nos sintomas e na qualidade de vida. Estudos mais recentes mostram que o programa de Terapia Cognitiva baseada em Mindfulness (MBCT em inglês) é inclusive mais eficaz do que o tratamento com antidepressivos em alguns casos (pessoas mais vulneráveis), sem aumentar o custo médio  ...[MAIS]
Suicídio é uma tragédia que pode afetar a vida de muitos, incluindo familiares, amigos e colegas daqueles que tiram suas vidas. Recentemente, o tema ganhou evidência na mídia, devido aos tristes casos em escolas brasileiras, assim como de artistas e profissionais conhecidos no exterior. Os estudos mostram que os casos aparentemente têm aumentado ao redor do mundo. Nos Estados Unidos, por exemplo, houve um acréscimo de, aproximadamente, 25% nos últimos 15 anos. Por esse motivo, é muito importante que falemos sobre o tema, em especial, sobre sua prevenção. Sabemos que o suicídio é um assunto complexo e  ...[MAIS]