Até há poucos anos atrás, os retiros de meditação eram geralmente destinados a pessoas altamente motivadas ou com a intenção de aprofundamento em prática espirituais e religiosas. Com a popularização da meditação, em especial de mindfulness (conheça mais clicando aqui), os retiros também têm se tornado cada vez mais comuns e laicos (não-religiosos). Vou comentar aqui em especial sobre os retiros ditos "laicos", ou seja, não vinculados a tradições religiosas ou espirituais. Esses retiros continuam sendo mais voltados a pessoas motivadas, e que, em geral, já passaram por programas introdutórios de meditação ou mindfulness (no caso de mindfulness, os famosos  ...[MAIS]