Por Marcelo Demarzo para o Viva Bem Essenciais para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, muitos profissionais da saúde se queixam frequentemente de dor muscular crônica causada pelo excesso de trabalho, tensão e repetição de movimentos. Uma pesquisa realizada em parceria da USP (Universidade de São Paulo) com o Centro Mente Aberta da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) mostrou que esse problema pode ser amenizado com intervenções baseadas em mindfulness, usando técnicas simples e científicas de meditação e estratégias de melhora da autopercepção corporal. O estudo foi realizado com 64 profissionais de saúde (técnicas de enfermagem) do Hospital  ...[MAIS]
A dor crônica afeta a qualidade de vida de aproximadamente 30% da população mundial (2 bilhões de pessoas), podendo ocorrer em mais de 50% dos idosos, com custos anuais estimados de 50 bilhões de dólares. A dor crônica é aquela que persiste por mais de 3 meses, em média, ocorrendo mesmo após a lesão inicial ser curada e tem uma influência grande de fatores psicológicos. Isso não quer dizer que a dor seja psicológica, mas que pode ser agravada pela maneira como a enfrentamos do ponto de vista subjetivo e psicológico e, nesse aspecto, que mindfulness pode ajudar a melhorar  ...[MAIS]