Ser policial é das profissões mais estressantes que existe. A exposição à violência e à morte, assim como a pressão para ser justo e eficiente em situações extremas de risco de vida, pioram muito essa condição, aumentando consideravelmente o risco de burnout (esgotamento profissional), além de depressão e a ansiedade. Um estudo estadunidense mostrou que esses profissionais têm mais probabilidade de morrer por suicídio do que cumprindo o dever, e ter mais de 15 anos de profissão aumenta ainda mais essa chance. Assim, infelizmente é comum que esses profissionais desenvolvam sentimentos e emoções negativas como a ira e a raiva, o que aumenta  ...[MAIS]